O Spotify vai deixar que gravadoras paguem pra enfiar músicas nas suas playlists

Se você usa o serviço de graça, se prepare para as "faixas patrocinadas".

|
jun 20 2017, 7:25pm

No mais novo capítulo de 2017, ou "Assistindo o Capitalismo Migrar pro Digital", a BBC reporta que o Spotify está testando um sistema para gravadoras pagarem para que suas músicas apareçam nas playlists dos usuários que usam o serviço de graça. Parece que essas "músicas patrocinadas" funcionarão como os comerciais que o Spotify transmite para não-assinantes, mas, ao invés de apenas comerciais, serão faixas inteiras. Massa.

A Fader diz que as faixas patrocinadas combinarão com os hábitos musicais dos usuários porque nenhum marketing ganha do marketing hiper-direcionado. De novo, se você já paga o Spotify Premium e já não vê propagandas, você não será afetado, e usuários grátis podem escolher não ouvir as faixas patrocinadas se eles conseguirem encontrar a opção nas suas configurações (o The Verge fez um guia de como fazê-lo).

Como o Mark Mulligan da empresa de análise Midia Research disse à BBC e explicou nesse post, essa estratégia é uma tentativa de mitigar o fato que o Spotify está perdendo grana (389 milhões de dólares no ano passado) apesar de contar com 140 milhões de usuários registrados. Então, de alguma maneira, não é exatamente jabá, porque o Spotify está sendo razoavelmente transparente ao contar que eles estão sorrateiramente colocando faixas nas suas pré-existentes playlists pessoais. Então aqui vai uma música do Nirvana que inicialmente se chamava "Pay to Play" e cujo título final diz o que eles deviam fazer com essas faixas patrocinadas.