Quantcast
noticias

Faça o backup dos seus sons aí porque o Soundcloud pode estar morrendo

Relatórios dizem que a empresa tem 50 dias até seus fundos se esgotarem.

Phil Witmer

Phil Witmer

Na semana passada, o Soundcloud anunciou que demitiria 40% de sua equipe a fim de não afundar completamente, após muitas tentativas de manter a companhia funcionando. A notícia foi recebida sem surpresa, mas, de acordo com um novo relatório da TechCrunch, a situação na sede da empresa pode ser pior do que se pensava.

O documento supostamente usa informações vazadas de uma conferência global que aconteceu nos escritórios principais do Soundcloud, em Nova York e Berlim, e mostra que a saúde financeira da empresa pode estar por um fio. Aparentemente, os fundadores Alex Ljung e Eric Wahlforss disseram aos funcionários que as demissões apenas diminuíram despesas o suficiente para manter as operações da empresa se movendo confortavelmente até o início do quarto trimestre — após isso, ela não teria mais fundos dispensáveis. O PR do Soundcloud parece ter dito à TechCrunch que a empresa está "totalmente financiada" durante o período de 50 dias até o quarto trimestre. Então, esclarecendo, o site provavelmente não será totalmente desativado após os 50 dias, mas a empresa estará em um estado incrivelmente instável (a matéria menciona que a equipe está procurando potenciais investidores para injetar no Soundcloud a infusão de dinheiro que ele precisa pra continuar funcionando).

Funcionários que estavam presentes na conferência também disseram ao TechCrunch que a empresa é um "caos", e disseram que a moral entre os membros restantes da equipe está "muito baixa", e que alguns já se demitiram. Naturalmente, a comunidade de produtores e DJs que dependem do Soundcloud estão entrando em pânico e avisando uns aos outros para tirar suas músicas do site, caso ele realmente seja desativado.

"FAÇAM BACK UP DESSA PORRA"

"Produtores - certifiquem-se que há outros sites/plataformas em que as pessoas podem ouvir sua música, se o pior acontecer, esteja pronto pra sair do Soundcloud."

"Músicos que têm trabalho armazenado no Soundcloud: POR FAVOR, faça backup de suas coisas, não deixe que nada desapareça se o site for desativado!"

"MAS E A MINHA MIXTAPE @Soundcloud"

Tudo isso é uma merda, não só porque pessoas estão perdendo empregos e artistas podem acabar perdendo corpos inteiros de trabalho, mas também porque é bastante improvável que grandes empresas tenham fé no modelo gerado por usuários do Soundcloud após esse declínio público. Você pode ler a matéria inteira aqui. Não confiem sua arte valiosa e insubstituível a um site administrado com receita de anúncios, manos.

Phil está triste no Twitter.