Quantcast
O encontro do afrobeat com o groove baiano na nova faixa do IFÁ

Ouça “Salva Dor”, mais um petisco do primeiríssimo disco do grupo ‘Ijexá Funk Afrobeat’, que sai em novembro.

Foto por Heder Novaes/Divulgação.

Com disco pronto para ser lançado em novembro, a IFÁ mandou diretamente da capital baiana o single "Salva Dor", que dá uma pala do que vem em Ijexá Funk Afrobeat, registro que vai trazer o resultado dos quatro anos de formação da banda. Em atividade intensa, os caras chegam com esse som alguns dias após o lançamento da parceria com o rapper ganês Blitz the Ambassador que resultou na pedrada "Choptime no Friend", parte do projeto Conexões Atlânticas.

Com o groove já inerente às apresentações da banda — e que a colocaram entre os principais nomes da nova música baiana —, o disco vai trazer participações do maestro Letieres Leite, do mestre da percussão Gabi Guedes e de um dos idealizadores do BaianaSystem, Roberto Barreto, entre outros músicos. Aqui em "Salva Dor", eles colaram com o guitarrista Junix pra criar um som que remete aos contrastes da Salvador cheia de becos estreitos e vias engarrafadas.

" Ijexá Funk Afrobeat será um disco de celebração e reverência à musicalidade afro brasileira, do modo como a interpretamos neste porto atlântico que é a Bahia. Vivemos numa cidade onde há muitas tradições sonoras acontecendo ao mesmo tempo. São os blocos afro, os afoxés, os grupos de samba de roda, as vitrolas dos sound systems de reggae, os terreiros de candomblé... Todas essas trilhas fazem parte de nossas vidas e o disco vai refletir uma trajetória de pesquisa sobre as conexões que a música negra nos proporcionou", diz o baixista Fabrício Mota.

"Já tínhamos muitas canções que poderiam formar um disco, mas optamos por  fazer uma escuta e seleção de tudo que havíamos produzido, até sentir que chegávamos em um resultado que representasse de forma sincera aquele momento de dedicação", afirma Fabrício.

Já o single "Choptime no Friend" é fruto de mais um encontro entre artistas da diáspora africana, uma parceria dos baianos com Blitz the Ambassador. A faixa foi toda composta e gravada num único encontro em Salvador, quando Blitz esteve no Brasil para a produção de um videoclipe e uma única apresentação na capital baiana. O IFÁ foi a banda convidada a acompanhá-lo nesse show e, diante da sintonia entre os artistas, foi natural a produção do single.

"Já produzi com muitas bandas, mas estava claro que dessa vez ia ser algo especial. O domínio do IFÁ dos grooves do afrobeat e minha combinação de hip hop e funk formaram a receita perfeita. Apesar da barreira da linguagem, ambos entendemos o groove e foi isso que fez de 'Choptime No Friend' uma das minhas colaborações favoritas", declarou o ganês Blitz the Ambassador.

O som faz parte do Conexões Atlânticas, um projeto que caminha em paralelo ao trabalho instrumental que a IFÁ apresentará no disco. As conexões são feitas com artistas da diáspora, particularmente radicados em países africanos e o projeto já rendeu também um EP com a cantora nigeriana Okwei V Odili e outras sessões com nomes como Ilê Aiyê, Lazzo e o inglês Mikill Pane.

Ouça "Salva Dor" no site da Natura Musical.

Siga a IFÁ Afrobeat nas redes: https://www.facebook.com/ifaijexafunkafrobeat/ | https://soundcloud.com/i-f-afrobeat | @ifa.afrobeat