Nando Moura, o metaleiro que ninguém conhecia, exceto milhões

Ele não gosta da pecha de ‘youtuber’, se define como professor de violão, headbanger, conservador liberal e explicou por que, entre outros vídeos, postou “A PUTA VERMELHA CAIU #TCHAUQUERIDA”.

|
mai 2 2016, 11:00am

Foto: Divulgação

The Unforgiven

Na primeira vez que falamos ao telefone, Nando Moura concordou em conversar comigo para esta matéria com a única condição de gravar a entrevista na íntegra para garantir que eu não colocaria palavras em sua boca. Dito e feito: poucas horas depois da entrevista, já tinha subido um vídeo com todo nosso papo no seu canal de YouTube — o que no jornalismo configuraria dar um furo, e ele, no caso, conseguiu furar a própria entrevista. Por isso mesmo, na matéria que se segue você terá acesso não só ao vídeo de Nando (abaixo), quanto aos áudios de WhatApp contextualizando tudo que ele nos disse.

"Tenho certeza, cara, que a mídia distorce absolutamente tudo"

Pouco depois da proeza do auto furo, as visualizações do vídeo passavam das dezenas de milhares e os comentários iam de trocadilhos do nome deste magazine com o honorável time carioca que quase sempre chega lá, xingamentos a mim, xingamentos ao próprio Nando, além dum sem fim de piadas internas indecifráveis para quem não é iniciado naquele universo. E que universo é esse? O caótico cenário de opiniões políticas e posições pessoais extremadas da internet, no qual a verdade é um mito, e os views são a lei.

Leia o perfil completo na VICE.