Ouça o segundo álbum dos hardcoreanos do Statues on Fire, ‘No Tomorrow’

Com letras anticorporativas e drive no talo, novos sons se destacam pelo esmero na produção.

|
jul 22 2016, 4:00pm


Divulgação

No Tomorrow, o segundo álbum do Statues on Fire, acaba de chegar às plataformas digitais. Nesta première do Noisey, o hardcore marca presença com toda a sua força, peso e melodia. Se o predecessor Phoenix (2014) já tinha uma ótima qualidade, aqui tudo se aprimorou, das composições à produção e aos equipamentos usados no estúdio.

“Tudo foi feito sem pressa”, conta o vocalista e guitarrista André Alves, que fez parte da pioneira banda de hardcore Nitrominds junto com o Lalo (baixo) e atualmente toca uns thrash metal no Musica Diablo. “Gravamos todo o instrumental em setembro de 2015, fomos pra turnê europeia entre outubro e novembro, e só na volta fizemos a voz e a mixagem”. Com as composições iniciadas logo após o lançamento do trabalho de estreia, os integrantes imediatamente começaram a trabalhar nas músicas novas, e puderam usar o período entre estúdios para mexer nos arranjos, voz e outras coisas.

A sonoridade potente pouco tem a ver com distorção. Há pouca distorção, na real, só um pedal Plexi de drive no talo. “Tiramos várias linhas de guitarra quando ouvimos o resultado. Não precisamos usar mais nada. Queríamos o disco mais orgânico também. Usamos poucos plug-ins”, conta André. Boa parte das letras continuam politizadas.

“Minority Ain’t No Longer Just a Few”, por exemplo, fala de como as minorias estão de saco cheio de serem oprimidas e estão virando maioria. “No Tomorrow”, que soltamos no começo de maio, é um ataque pessimista às corporações que poluem o meio ambiente. Já “Nevertheless” ataca as marcas de remédio, movidas pelo lucro e não pela cura de doenças.

As versões físicas de No Tomorrow saem no Brasil pela Cold Alone Records, nos Estados Unidos pela Dang! Records, e na Europa pela Alemã Rookie Records. O show de lançamento rola dia 17/9 no Hangar 110, em São Paulo.

O Statues on Fire está no Facebook, Bandcamp e Instagram

Siga o Noisey nas redes: Facebook | Twitter | Instagram