Noisey Blog

Rasterinha É o Mais Novo Ritmo do Funk

Noisey

By Renato Martins

0

Foto por Agência Olhares

O funk carioca está passando por algumas mudanças. E é de mudanças que o ritmo é feito, tanto que os hits de sucesso surgem do dia pra noite, e, da mesma forma, desaparecem.

Naldo, Anitta, o estilo Funk Bonito do DJ Dennis – encabeçado pelo MC Koringa e sua “Dança Sensual” - são exemplos desse movimento estético. Se em um dia você não conhece nenhum deles, no outro você já está cantando e curtindo como se manjasse os sons há meses.

Nesse ambiente surgiu um som novo que arrisco classificar como “a nova tendência do verão”. Um ritmo que é mais arrastado que o funk, porém com mais balanço. Lembra um pouco o sambarock, tem um outro tanto de ragga, e um tantinho assim de kuduro. Usa tambores e caixas, parece até um axé do Rio de Janeiro.

A rasterinha ou raggafunk (calma, ainda não temos o nome oficial desse estilo) surgiu numa brincadeira entre amigos. “Você quer saber da ‘Joga Teia Homem Aranha’ hahaha? Mermão, isso aconteceu na casa do DJ Tinindo. Estávamos eu, o DJ Luciano e uma turma, aí peguei o capacete dele, comecei a batucar e saiu a música”, conta o Mc Nandinho, criador da batida.

“A gente estava ouvindo muito aquela música do verão, a do Superman (“Liga da Justiça”, do LevaNóiz), e eu já estava cansado dela. Então pensei em fazer uma pro Homem Aranha”. Com essa sutileza e simplicidade, Nandinho até estranhou o pedido de entrevista sobre a música. Mas ele acredita que essa batida vai estourar no verão vindouro: “Já estou até preparando uma nova, vai se chamar ‘Carnaval Tá Aí’.”

Outros produtores já se adiantaram para garantir seu nome na novidade. O MC Tipocki aproveitou o embalo e lançou a primeira música a se tornar um hit rasteirinha, “Quero Bunda”.

O DJ BamBam conta que rolava muito o rasteiro no baile de antigamente, porque o pessoal queria dançar as coreografias. Rasteiro, é um apelido para os funks antigos, como esse aqui. A rasterinha dos bailes de hoje segue a mesma tradição. BamBam  também diz que as festas tem que ter no mínimo um set de 30 minutos de rasterinha, senão as meninas ficam bravas. “Se a moda vai pegar? Já pegou!” comenta o DJ.

Ele é autor da produção “Isso Aqui Está Sensacional”, do MC Romântico e do remix da música do Mc Kareta, “Bate com o Bumbum no Chão”.

Um fator importante é a tendência que esse estilo aponta, bebendo amplamente na ideia de “menos é mais”. MC Tipocki explica: “O batidão é muito frenético, a gente precisa desacelerar um pouco, e essa batida encaixou com a onda.”

O ritmo tem força e está ganhando novos adeptos, apesar do pouco tempo de vida. Influenciado pelo sambarock e pelo axé, a rasterinha pode ser o suingue do verão e colocar mais um hit do funk no top 10 das paradas.

Conheça mais da rasterinha com esse set:

1. MC Romântico – Isso Aqui Está Sensacional (Prod. DJ BamBam)
2. MC Kareca – Bate com o Bumbum no Chão (DJ BamBam Remix)
3. MC Tipocki – Quero Bunda
4. MC Nandinho – Joga Teia Homem Aranha (DJ Wagner remix)
5. MC Cyclone – Vai no Bole-Bole

Renato Martins passa o dia inteiro ouvindo batidão e postando no Funk Na Caixa, siga no Twitter @FunknaCaixa